Literatura Filatélica - Regulamento

REGULAMENTO ESPECIAL PARA A AVALIAÇÃO DE PARTICIPAÇÕES DE
LITERATURA FILATÉLICA EM EXPOSIÇÕES FIP

ARTIGO 1 - EXPOSIÇÕES DE COMPETIÇÃO

De acordo com o Artigo 1.4 do Regulamento Geral da FIP para a Avaliação de Participações em Exposições FIP (GREV), é estabelecido o presente Regulamento Especial, com vista a complementar aqueles princípios, no que respeita à Classe de Literatura Filatélica.

Deve-se igualmente recorrer-se às Diretrizes (guide-lines) para a Literatura Filatélica, as quais constituem um guia prático para a aplicação deste Regulamento Especial.

ARTIGO 2 - PARTICIPAÇÕES

A Literatura Filatélica abrange todas as comunicações impressas à disposição dos colecionadores, relacionadas com selos postais, bem como qualquer das suas áreas de especialização (GREV - Artigo 2.3).

ARTIGO 3 - QUALIFICAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES

A Literatura Filatélica deve ser subdividida da seguinte forma :

3.1 - Manuais e Estudos Especializados :

a) Manuais;

b) Monografias;

c) Artigos especializados de investigação;

d) Bibliografias e trabalhos especializados similares;

e) Catálogos de exposições;

f) Catálogos especializados que, para além das emissões de um ou mais países, contenham informações sobre variedades, obliterações e outra matéria
especializada;

g) Transcrições de palestras filatélicas apresentadas publicamente (incluindo textos de peças radiofônicas, televisivas, filmes e diapositivos);

h) trabalhos especializados similares.

3.2 - Catálogos Gerais

Mundiais, regionais e locais. Catálogos abrangendo um leque de assuntos tão vasto que não permita a sua qualificação como catálogos especializados.

3.3 - Periódicos Filatélicos

Jornais e revistas filatélicas, órgãos de associações, órgãos de casas comerciais, anuários e publicações similares.

3.4 - Artigos

Artigos de natureza geral em publicações filatélicas e não filatélicas.

ARTIGO 4 - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES

4.1 - as participações de Literatura Filatélica serão avaliadas de acordo com os seguintes critérios:

- Tratamento dos assuntos;

- Originalidade, importância e profundidade da pesquisa;

- Aspectos técnicos;

- Apresentação.

4.2 - O critério Tratamento dos assuntos requer uma apreciação do estilo literário, clareza e facilidade de comunicação evidenciadas pela participação.

4.3 - O critério Originalidade, importância e profundidade da pesquisa requer uma apreciação da importância global da matéria tratada na participação, assim como em medida a mesma apresenta revelações originais, pesquisa, análise ou complementos que conduzam a um claro e geral entendimento do assunto abordado.

4.4 - O critério Aspectos Técnicos requer uma apreciação de aspectos tais como : frontispício e impressão, paginação, ficha técnica, bibliografia, índices e emprego de gravuras.

4.5 - O critério Apresentação requer uma apreciação dos aspectos relacionados com a encadernação ou capa, tipo de impressão e outros fatores de produção utilizados para facilitar o uso ou manuseio da publicação.
Para evitar o impacto de aspectos puramente comerciais, este critério somente será apreciado na medida em que ele represente um fator negativo.

ARTIGO 5 - APRECIAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES

5.1 - As participações de Literatura Filatélica serão apreciadas por especialistas qualificados na respectiva área e em concordância com o disposto na Seção V (Artigos 31 a 47) do GREX - Regulamento Geral de Exposições FIP (GREV - Artigo 5.1).

5.2 - Para orientação do Júri e no sentido de uma avaliação equilibrada das participações de Literatura Filatélica, são estabelecidos os seguintes termos de pontuação:

Tratamento dos assuntos
40
Originalidade, importância e profundidade da pesquisa
40
Aspectos técnicos
15
Apresentação
5
Total
100

ARTIGO 6 - DISPOSIÇÕES FINAIS

6.1 - Na eventualidade de existência de alguma discrepância no texto proveniente da tradução, prevalecerá a versão inglesa.

6.2 - O Regulamento Especial para a Avaliação de Participações de Literatura Filatélica em Exposições FIP foi aprovado pelo 54º Congresso FIP , em 5 de novembro de 1985 na cidade de Roma. Este Regulamento entra em vigor em 5 de novembro de 1985 e aplica-se a todas as exposições que solicitem o patrocínio, auspícios ou apoio da FIP a partir daquela data.

 
Site desenvolvido por Computação Gráfica e Design
© 2005 ABRAJOF - Associação Brasileira de Jornalistas Filatélicos. Todos os direitos reservados
.
os os direitos reservados.